11 2100-8500 (São Paulo)
0800-779-8500 (Brasil)

Servidor Web Redundante

Servidor Web Redundante

Cada dia mais as empresas se movem para o cloud computing (computação em nuvem). Ela deixa de ser uma tecnologia de nicho para se transformar em um elemento-chave e até mesmo uma extensão dos ambientes corporativos.

O conceito de infraestrutura como serviço (IaaS) é muito mais do que a virtualização de servidores. Possibilita o desenvolvimento de cenários de missão crítica e começa a substituir os tradicionais recursos dedicados, forçando os gestores de TI a um novo conjunto de considerações.


O que é alta disponibilidade (High Availability – HA)?

A definição apresentada no Wikipédia para alta disponibilidade é: "Abordagem de design do sistema e implementação de serviços associados, que asseguram um nível de desempenho operacional pré-acordado que será cumprido durante um período contratual".

Isto implica claramente em concentrar na remoção do máximo possível de pontos únicos de falhas inerentes a qualquer projeto, de forma a fornecer funcionamento redundante. Assim, garante continuidade e capacidade de failover.

Alta disponibilidade pode ser alcançada em diversos níveis, incluindo os de aplicação, infraestrutura, data center e até o de redundância geográfica.


Na sua forma mais básica, configurações HA em infraestrutura são constituídas por:

• Dois ou mais balanceadores de carga
• Dois ou mais servidores web
• Dois ou mais servidores de banco de dados

Neste exemplo ao lado, podemos ver os balanceadores de carga nos múltiplos websites e o banco de dados replicado, fornecendo redundância em cada camada da configuração.

Em configurações avançadas de HA destinadas à cobertura geográfica, a redundância em vários centros de dados (data centers) pode ser bem mais complexa do que o exemplo apresentado acima.


Minha empresa necessita de alta disponibilidade (HA)?

Com o aumento da nossa dependência digital, o tempo de inatividade das aplicações que usamos cria uma quantidade significativa de angústia para os usuários. O downtime em uma aplicação pode causar graves implicações financeiras e para a imagem da empresa.

Os custos para criar um ambiente de alta disponibilidade podem ainda ser inviáveis em ambientes dedicados. Mas a computação em nuvem traz HA ao alcance da maioria das empresas de pequeno e médio porte.

Estas são as principais razões a serem consideradas para a adoção de um ambiente de alta disponibilidade:


Alta dependência da disponibilidade dos serviços

Se o tempo de inatividade da sua infraestrutura ou aplicação afeta negativamente o resultado financeiro da empresa, deve-se considerar a migração para uma nuvem em HA.


Redução de custos

Não é segredo que os custos para aquisição de um segundo equipamento e softwares para alta disponibilidade oneram em muito o projeto. Isso sem contar outros custos envolvidos, como a manutenção, um segundo local físico e a equipe para suportar tal ambiente. Serviços na nuvem criam o ambiente necessário para satisfazer todas estas necessidades.


Gestão de HA

Muitas vezes custa mais gerenciar um ambiente em HA do que contratá-lo como serviço. Diversas tarefas relacionadas à gestão de um ambiente de HA, como a verificação da integridade da replicação, re-sincronização de objetos, automatização da rotas de failover e o acompanhamento diário dos status reports, necessitam de profissionais experientes e com competências especificas.

A equipe de especialistas da Mundo Open está pronta para criar o melhor projeto para sua necessidade.

Orçamento Rápido

Utilize o formulário para solicitar orçamento, teremos imenso prazer em atendê-lo.

Nome

E-mail

Telefone

Celular

Como nos conheceu?

Mensagem
Selecione o campo abaixo